Novidades | Darkside Books estreia seu selo de HQs

Salve intrépidos leitores! Com crise ou sem crise o mercado de quadrinhos brasileiros vai navegando estes mares turbulentos. E esta semana uma grata surpresa foi anunciada, uma das casas editorias mais legais e emblemáticas do mercado, a Darkside Books resolveu se aventurar no mundo da nona arte, e com isso lança seu selo mais que bem-vindo de HQs, o já aguardadíssimo DarkSide Graphic Novel.

Selo DarkSide Graphic Novel.

Com obras variadas, inusitadas e inéditas no Brasil o selo promete dar uma chacoalhada no mercado, assim como a sua linha de livros já faz.

Obras interessantes de grandes autores e para todos os gostos pontuam o início de suas atividades.

Agora dando continuidade à nossa saga sobre formação de preços e leitores fica claro que a aposta é semelhante as de outras editoras que enveredam por publicar HQs no Brasil, obras com acabamento de qualidade ou de luxo gerando consequentemente preços puxados!

Aqui cabe uma ressalva, muitas obras que estão sendo lançadas nesse formato valem por sua qualidade tanto de roteiro como de arte, mas quando questiono valores é porque lembro que quando comecei a ler quadrinhos era um moleque, e acredito que ainda seja esta a “janela” onde se comece a consumir HQs. Sendo assim o dinheiro muitas vezes é contado.

A sensação que o mercado passa é que cada vez mais os produtos são direcionados para adultos, aí se cria um dilema, como renovar público com este tipo de produto?  HQs estão cada vez mais orientadas a um grupo seleto e se tornando um nicho para colecionadores e com isso o funil vai se evidenciando.

Quem puder prepare sua carteira, cace promoções ou para quem já vive um relacionamento peça de presente no dia dos namorados que se aproxima!

ESTUDANDO COM UM SERIAL KILLER

Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel MEU AMIGO DAHMER.

MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete.

Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.

Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar MEU AMIGO DAHMER.

MEU AMIGO DAHMER, a história (em quadrinhos) antes da história, foi premiada no Festival de Angoulême, França, em 2014, e incluída pela revista Time como um dos cinco melhores livros de não ficção de 2012. A primeira HQ da coleção Crime Scene inaugura a publicação de histórias em quadrinhos, graphic novels e mangás pela DarkSide Graphic Novel.

Derf Backderf
  • Título | Meu Amigo Dahmer
  • Autor | Derf Backderf
  • Tradutora | Érico Assis
  • Editora | DarkSide®
  • Edição | 1a
  • Idioma | Português
  • Especificações | 288 páginas, capa dura
  • Dimensões | 16 x 23 cm
  • ISBN | 978-85-9454-035-5
  • Lançamento e Capa | 28.06.2017, R$59,90

FRAGMENTOS DO HORROR

Kowai! É assim que se diz “assustador” em japonês. E poucas coisas podem ser mais kowai do que um mangá assinado por Junji Ito. Mestre do terror em quadrinhos, Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias.

O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim — ou quem sabe até por isso mesmo — belo.

Se você tem coragem (e estômago), não pode perder FRAGMENTOS DO HORROR, primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide Books.

FRAGMENTOS DO HORROR é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Ito-san oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado!

Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar.

Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror.

Para quem curte quadrinhos, terror e cultura oriental, FRAGMENTOS DO HORROR é uma grande pedida. E para quem é fã de mangá, não tem nem o que discutir: mestre Junji Ito é obrigatório. Kowai desu.

Junji Ito
  • Título | Fragmentos do Horror
  • Autor | Junji Ito
  • Tradutora | Akemi Ono
  • Editora | DarkSide®
  • Edição | 1a
  • Idioma | Português
  • Especificações | 224 páginas, capa dura
  • Dimensões | 14 x 21 cm
  • ISBN | 978-85-9454-036-2
  • Lançamento e Capa | 26.07.2017, R$54,90

WYTCHES

Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre bruxas; quase todas as informações devem estar erradas, de qualquer forma. Aquilo que você aprendeu na escola — que, por séculos, centenas de pessoas foram queimadas, torturadas, perseguidas e assassinadas por bruxaria — é um fato.

O que ninguém contou para você é que essas pessoas morreram para proteger uma terrível realidade escondida dos meros mortais: bruxas, bruxas de verdade, existem e estão por aí.

Elas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda.

É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade.

Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo… e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.

Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, WYTCHES é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.

Para esta série, ele chama o desenhista Jock, que além de também ter trabalhado em Batman, fez artes conceituais para Star Wars — Os Últimos Jedi e o filme ganhador do Oscar Ex_Machina: Instinto Artificial. Com isso, WYTCHES extrapola a mitologia das bruxas em algo muito mais profundo e amedrontador do que os leitores estão acostumados.

Scott Snyder & Jock
  • Título | Wytches
  • Autores | Scott Snyder e Jock
  • Tradutor | Érico Assis
  • Editora | DarkSide®
  • Edição | 1a
  • Idioma | Português
  • Especificações | 192 páginas, capa dura
  • Dimensões | 17 x 26 cm
  • ISBN | 978-85-9454-037-9
  • Lançamento e Capa | 26.07.2017, R$59,90
  • Fonte: Darkside Books
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

É Bacharel em Psicologia, porém optou por sua grande paixão trabalhando como ilustrador e quadrinhista. É sócio do Pencil Blue Studio e Ponto Zero, podendo assim viver e falar do que gosta: quadrinhos, cinema, séries de TV e literatura.

535 views
Scroll Up