O Livro é: A Guerra da Rainha Vermelha – Prince of Fools, por Mark Lawrence

Mark Lawrence novamente cria um anti-herói irresistível. Por que mesmo estamos torcendo por eles? – é uma pergunta comum entre os cada vez mais numerosos leitores de suas aventuras. A resposta, certamente, está no talento com que o autor conduz seus personagens e narrativas.

E desta vez, a violência e o rancor de Jorg Ancrath, da Trilogia dos Espinhos, é substituída pela astúcia e charme do Príncipe dos Tolos.

[dropcap size=small]S[/dropcap]inceramente,  amo Mark Lawrence e amo a Editora DarkSide por publicar os livros do autor. Lawrence escreve de um jeito único, com pitadas de humor negro engraçadas e muito bem colocadas. Em um livro em que é normal imaginar homens e zumbis sendo cortados de cima a baixo e com as vísceras pra fora, Lawrence consegue colocar uma piada ou outra que acaba quebrando aquela tensão do momento. Quem mais consegue colocar, num mesmo livro, um covarde, um viking, criaturas sinistras, zumbis e necromantes? Lawrence é claro.

Mark-Lawrence-autor-Trilogia-dos-Espinhos-Red-Queen-s-War

O personagem principal do livro é Jalan Kendeth. Príncipe de Marcha Vermelha é o 10º na linha de sucessão ao trono. O que não lhe rende nada. Cheio de dívidas de jogo, mulherengo, covarde e orgulhoso, vive atrás de mulheres e jogando, o que lhe dá dívidas enormes com pessoas que é melhor não mexer. Neto da Rainha Vermelha, senhora imponente e articuladora, que tem como conselheira a Irmã Silenciosa, mulher muito misteriosa, cega de um olho.

A salvação das dívidas de Jalan está em Snorri ver Snagason, um viking misterioso, feito prisioneiro em Marcha Vermelha, extremamente forte e bem avantajado fisicamente. Sua família foi capturada por outro Viking, e foi feita refém no extremo norte. Jalan consegue levá-lo até o Fosso, onde ocorrem lutas clandestinas valendo apostas. Snorri arrasa tudo, até conseguir fugir de forma espetacular (não vou contar aqui, leiam e se surpreendam).

“Vencer batalhas é uma questão de estratégia e as estratégias giram em torno de prioridades. Já que minhas prioridades eram Príncipe Jalan, Príncipe Jalan e Príncipe Jalan, com “boa aparência” em um quarto lugar distante, aproveitei a oportunidade para retomar minha fuga. Acho que a principal coisa do sucesso é a habilidade de agir no momento. Um herói ataca no momento, um bom covarde corre nele. O resto do mundo espera o momento seguinte e acaba como comida de corvo” – Jalan

Em certo momento, Jalan vai à ópera, mais para agradar a família do que para curtir a ocasião. Uma presença maligna o incomoda, até que vê um ser de forma humana, com mascara e que não tem olhos humanos. Ao procurar a criatura, encontra um de seus credores. Acuado, Jalan tenta fugir do prédio, mas presencia uma cena curiosa. A Irmã Silenciosa é vista escrevendo feitiços ao redor do prédio, o que causa um incêndio terrível e devastador.

a-rainha-vermelha-prince-of-fools-darkside-books-01Jalan consegue fugir pela janela, quebrando o feitiço, que se transforma em duas rachaduras, uma dourada e outra negra, que começa a perseguir Jalan nas ruas da cidade. Jalan corre como se o próprio diabo estivesse atrás dele, mas acaba esbarrando em Snorri. A rachadura os atinge, e uma ligação se forma entre Jalan e Snorri.

Isso também lhes dá alguns poderes, que serão explorados mais pra frente, além de uma ligação forte que os faz permanecer perto um do outro, mas não podendo se tocar.

Outra parte ruim do feitiço é a ligação que se forma entre Jalan e Baraqel, um anjo da luz que o aconselha e o ajuda, mas que, principalmente, discute com Jalan. Aparece somente no Nascer do sol. Snorri, por sua vez, se vê ligado a um espírito das trevas, Aslaug, que lhe ajuda e dá conselhos, e só aparece no pôr do sol.

No dia seguinte, Jalan acorda e sente uma grande necessidade de ir até um local da cidade, e acaba preso pelo pior dos seus credores, que ordena sua morte. Snorri, movido por um desejo incontrolável de ir até este local, chega a tempo de salvar Jalan. Juntos, fogem de Marcha Vermelha. Jalan, para se salvar. E Snorri, para salvar sua família. No meio do caminho, encontram os soldados do Rei Negro, Rei Necromante que comanda exércitos de zumbis e de Natimortos, bebês que já nasceram mortos e, com a magia do Rei Morto, se tornam criaturas monstruosas e quase invencíveis.

 “Eu procuro ser um homem justo, viver com honra, mas venha para cima de mim armado, querendo tirar minha vida, que você não sairá com a sua” – Snorri

Em busca de um meio de acabar com a ligação que os une, salvar a família de Snorri, e encontrar uma chave que teoricamente abre qualquer porta, inclusive as Portas da Morte, Jalan e Snorri protagonizam uma aventura incrível, cheia de surpresas e com muita ação. As partes mais emocionantes são protagonizadas por Snorri, quando começa a revelar sua história, que é bem pesada e faz até Jalan perder o jeito.

Muitas referências à Trilogia dos Espinhos são feitas na série, inclusive vemos o próprio Jorg, mas nada que influencie o andamento de Prince of Fools. Se alguém que ainda não tenha lido a Trilogia inicial quiser ler Prince of Fools, não terá problema nenhum em entender a história. Mas vai perder alguns “easter-eggs”.

Quanto à qualidade, estamos falando de DarkSide. Ou seja, o livro é lindo e impecável. Capa dura, papel amarelado e de excelente qualidade.

[divider]O Livro[/divider]

A GUERRA DA RAINHA VERMELHA – VOL. 1: PRINCE OF FOOLS chegou ao Brasil em novembro de 2015, em edição luxuosa e capa dura. Uma ótima indicação para os fãs de Mark Lawrence. E, claro, uma oportunidade imperdível para aqueles que ainda não tiveram a experiência de mergulhar em suas páginas.

“Mark Lawrence foi a melhor coisa que aconteceu na Fantasia nos últimos anos.”
– PETER V BRETT (CICLO DAS TREVAS)

“A Guerra da Rainha Vermelha – Prince of Fools é o trabalho de um autor talentoso e maduro. Não deixe de ler se você é um fã de fantasia dark repleta de caracterizações incríveis, cercada de humor negro e um enredo sagaz que te prende até o fim. Mark está caminhando junto com seus leitores em direção ao seleto grupo dos grandes escritores de fantasia.”
– FANTASY BOOK CRITIC

[divider]FICHA TÉCNICA[/divider]

“Sou um mentiroso, um trapaceiro e um covarde, mas nunca, jamais, irei decepcionar um amigo. A menos que, para não decepcioná-lo, seja preciso demonstrar honestidade, jogo limpo ou bravura.” Assim se apresenta Jalan Kendeth, o neto da Rainha Vermelha e décimo na linha de sucessão ao trono. Um verdadeiro hedonista sem pretensões políticas, que se vê obrigado a abandonar sua boa vida após sofrer uma tentativa de assassinato. Para escapar, precisa se aliar a um perigoso guerreiro.

  • Título | A Guerra da Rainha Vermelha Volume 1: Prince of Fools
  • Autor | Mark Lawrence
  • Editora | DarkSide®
  • Idioma | Português
  • Especificações | 480 páginas, capa dura
  • Dimensões | 16 x 23 cm
  • ISBN | 978-85-66636-77-2
  • Lançamento | Novembro de 2015

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

Um leitor assíduo da fantasia e do terror, vem descobrindo aos poucos as maravilhas da Ficção Científica e dos Romances Históricos. Crítico e perfeccionista, procura falhas até nos livros mais perfeitos. Nas horas vagas escuta Heavy Metal e lê ainda mais.

51 views
Scroll Up