Lançamentos: Editora Aleph e Suma de Letras

O fã de Sci-fi não tem mais motivos para reclamar da falta de títulos e opções no mercado. Talvez até tenha motivos de queixa: é muito lançamento para, quem sabe, pouco dinheiro. Mas ainda estamos no lucro e é melhor ter a dúvida da escolha do que o vazio da falta dela.

Quatro anúncios recentes me chamaram bastante atenção já nesse comecinho de semana; um pela editora Editora Aleph e outro pela Suma de Letras. A Aleph vai finalmente cumprir a tão cobrada promessa de publicar aqui no Brasil o aclamadíssimo Guerra do Velho (Oldman’s War, no original) do escritor John Scalzi, também chegua ao catálogo deles mais uma obra do cultuado Philip K. DickUm Reflexo na Escuridão (A Scanner Darkly, no original), o livro é bastante conhecido por aqui também por ter inspirado o filme O Homem Duplo. 

O terceiro lançamento da Aleph fica por conta de de Star Wars: Darth Plagueis, obra do selo Legends (não é parte do cânone atual de SW) que se passa antes dos acontecimentos de Star Wars – Episódio I, revelando a origem do misterioso Darth Siddious e de seu mestre, o Lorde Sith que dá título ao livro.

Já a Suma de Letras apostou nos grandes clássicos trazendo nada mais nada menos que Guerra dos Mundos de H. G. Wells, considerado um dos país da Sci-fi ainda em seus primórdios quando o termo sequer havia sido cunhado.

Guerra dos Mundos não é nenhuma novidade no mercado nacional há décadas, mas como é uma obra de domínio público, as editoras estão sempre reinvestindo na obra e em sua qualidade inegável. A edição mais recente que lembro de Guerra dos Mundos foi a da Alfaguara lançada, salvo engano, em 2007. A nova edição pela Suma é em capa dura, com ilustrações originais e extras.

Agora é só separar a grana e reservar espaço na estante para a chegada dessas belezuras, inclusive alguns em pré-venda, outros já disponíveis em lojas e livrarias especializadas.

Guerra do Velho, por John Scalzi

capaaberta

John Perry fez duas coisas no seu aniversário de 75 anos: visitou o túmulo da esposa e alistou-se no exército. As Forças Coloniais de Defesa, misteriosamente, estão recrutando idosos para conquistar novos territórios interestelares. Detentores de uma tecnologia inovadora, as FCD são capazes de criar supersoldados com habilidades jamais vistas, e um exército disposto a arriscar tudo.

Um dos lançamentos mais esperados do ano, GUERRA DO VELHO, de John Scalzi, traz uma história original e surpreendente. E você não precisa ser fã de ficção científica militar para gostar dele. Com bom humor e uma escrita hábil, Scalzi trata de temas como envelhecimento, ética e amor. 

Lançamento previsto para a segunda quinzena de abril, pré-venda disponível em breve.

• Leia um trecho do livro em PDF: http://bit.ly/1Rx9Eb0


Um Reflexo na Escuridão, por Philip K. Dick

10628159_10153890233326294_6288374710032848058_n

NÃO EXISTE MAIS LIMITE ENTRE O REAL E O IMAGINÁRIO — Um Reflexo na Escuridão (A Scanner Darkly) é considerado um dos livros mais sombrios e interessantes de Philip K. Dick. Repleto de dorgas, sexo e repressão, traz relatos autobiográficos e leva o leitor a participar de uma das viagens mais insanas de PKD.

A obra serviu de inspiração para o filme O Homem Duplo, com Keanu Reeves, Winona Ryder, Robert Downey Jr. Esta edição traz os extras: uma entrevista com o autor, falando sobre drogas, literatura e ficção científica, e um artigo, escrito por Vaughan Bell, que discute tipos de psicose à luz da neuropsicologia e de situações apresentadas no romance.

Onde encontrá-lo:


Star Wars: Darth Plagueis

8183_10153894211366294_866174841454800061_n

“VOCÊ JÁ OUVIU A TRAGÉDIA DE DARTH PLAGUEIS, O SÁBIO? Não é uma história que os Jedi te contariam.”

DARTH PLAGUEIS, de James Luceno, é o nosso lançamento de STAR WARS para abril \o/ O livro, que faz parte do Legends e se passa antes do Episódio I, traz a história de um dos personagens mais sombrios da franquia, responsável pelo treinamento de Palpatine e mestre na manipulação de midi-chlorians.

E enquanto a pré-venda não chega…


 Guerra dos Mundos, por H.G Wells

12923096_10153371469561050_4943465313736343990_n

Publicado pela primeira vez em 1898, essa obra-prima de ficção especulativa de H.G. Wells aterrorizou e divertiu gerações de leitores, gerou inúmeras imitações e serviu de inspiração a mestres como Orson Welles e Steven Spielberg.

Por tempos, os homens foram estudados à distância pelos marcianos, que nos observavam como quem analisa micróbios por um microscópio. No final do século XIX, entretanto, eles partem para a Terra e aterrissam nos arredores de Londres. À primeira vista, os marcianos parecem risíveis: mal conseguem se mover, e não saem da cratera criada pela aterrissagem de sua espaçonave. Mas, conforme seus corpos começam a se acostumar com a gravidade terrestre, revelam também seu verdadeiro poder. Os marcianos são máquinas biomecânicas assassinas com mais de 30 metros de altura, que destroem tudo a sua volta. Aniquilando toda tentativa de retaliação do exército britânico, eles rapidamente eles chegam à capital britânica, que é evacuada às pressas por uma população desesperançada.

O enredo é uma analogia à Inglaterra e à Europa do século XIX – potências imperialistas que submetiam, colonizavam e sugavam recursos de culturas menos avançadas tecnologicamente. Com A Guerra dos Mundos, Wells procurava mostrar o que seria da Inglaterra se ela enfrentasse o mesmo tipo de extermínio social, econômico e cultural que impunha a outros povos.

Dados técnicos da edição ainda não disponíveis.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

É Designer de produtos e gráfico, desenhista nas horas vagas e aos trancos e barrancos um estudioso de Semiótica. Nutre estranhas fixações por processos narrativos experimentais e acredita que o mundo caminha para ser cada vez mais parecido com um Game

157 views
Scroll Up