Encadernados DC Comics Panini Junho de 2017

Muitos quadrinhos legais, festas juninas, um dedo apontado e uma sentença.

Salve intrépidos leitores! Junho é um mês que adoro, além dos vários lançamentos da Panini é o mês das festas juninas, muita comida gostosa, tempo em que brincava com fogos, brincadeira que se limitava a estalinhos e no máximo queimar um chuveirinho de ouro com acompanhamento dos pais, as bombinhas proibidas eram soltas na encolha junto com a turminha da rua que fazia coleta para comprá-las na taberna do Seu Zé.

Sem contar na gostosa lembrança de que meu pai colocava pra rolar uma fita cassete do Gonzagão, complemento perfeito como trilha sonora do cenário da minha memória de uma das épocas que mais curto justamente pelas festividades e saudosismo gostoso da infância.

Foi na infância que comecei a ler HQs, meu primeiro gibi de super-heróis que despertou o impeto de colecionar foi um do Hulk que meu irmão me emprestou e que tinha sido dado a ele pelo meu primo, que já era um leitor voraz de HQs.

A edição era desenhada pelo saudoso Herb Trimpe. Deste dia em diante nunca mais consegui parar,meu irmão não continuou, e o “vírus da nerdice” se instalou em mim sem contar que ler quadrinhos foi a janela que me oportunizou tomar gosto pelo mundo da leitura e posteriormente passar a consumir livros. O legal é que foi uma experiência parecida para diversos amigos e conhecidos meus criarem o hábito da leitura também.

Acredito que incentivar e aproximar novos leitores deste universo das HQs deveria ser um impulso natural de todos que curtem quadrinhos, o mesmo pensamento pode ser levado para outras áreas que amamos e que também fazem parte do fantástico mundo da cultura pop (games, RPGs, séries de TV, literatura, cinema, seja qual for seu vínculo), como falei, deveria ser.

Ao invés disso, muitos ficam culpando geração A, B ou C por intolerância e por não receber bem novos membros ou pessoas de gerações mais novas nestes meios de entretenimento, isto é assunto recorrente em sites, blogs e comunidades que curtem estas temáticas.

Resolvi abordar este tema pelas comemorações no final de maio do “Dia do Orgulho Nerd” ou “Dia da Toalha” – a data e o que se comemora neste dia também gera “treta” –  o outro motivo é pelo estrondoso e arrasador filme da Mulher-Maravilha, que sem dúvidas acrescentou e muito no paradigma do que é ser fã de cultura pop atualmente, e consequentemente tem sido combustível para muitas discussões.

Quando estava escrevendo este conteúdo a morte de Adam West foi anunciada, e velho, até nisso consegui ver gente “tretando” sobre a relevância ou não do Batman da série de TV. Gerações de crianças se divertiram com a versão cômica e satírica da série, mas não necessariamente precisavam saber que era uma sátira ao Homem-Morcego, era divertido, colorido, lúdico e ponto.

As coisas andam tão acirradas que é difícil até deixar os fãs homenagearem uma parte de suas vidas que definitivamente virou história, a validade do Batman de 66 tem que ser posta em “xeque”. As pessoas não cultivam mais o habito de se retirarem de cena quando algo não lhe toca ou diz respeito, todos têm que ter a palavra final sobre algo, mesmo num momento de luto e despedida.

Intolerância está em todo lugar

Participei durante três anos de um grupo que promovia eventos sobre cultura pop em minha cidade: palestras, mostras de filmes e seriados, batalhas nerd, lançamento de games, etc…

Num belo dia, no “ Dia do Orgulho do Nerd / Dia da Toalha” de 2013 em um evento que estávamos promovendo pedi para um rapaz definir o que era o “Dia da Toalha”, para minha surpresa instantaneamente uma moça – que certamente não era old school e nem uma neófita –  virou para mim com ar de deboche e disse:

 ”Não precisa explicar, todos aqui sabem”.

Imediatamente expliquei que o objetivo do evento era ser uma janela de inclusão e que sempre tem alguém iniciando sua jornada no mundo da cultura pop, então naquele momento este indivíduo era um dos focos primordiais do evento e não só os iniciados!

Como sempre digo quando você aponta um dedo para os outros, três ficam apontados para você.

Já reparou nisso?

Então sempre é uma boa hora para refletir, ver que todos estão sujeitos a falhas independente da geração que pertença, por isso citei o exemplo da moça, que provavelmente seria duma geração mais “esclarecida” e menos “preconceituosa” que os da “velha guarda”, que geralmente são demonizados em postagens capciosas de sites e blogs de entretenimento, mas na prática não funciona assim.

Em determinado momento, mesmo que tenhamos o hábito de cultivar valores elevados, sem perceber podemos estar sendo intolerantes e promovendo a segregação nos meios que tanto dizemos amar.

Meu velho não se iluda, pessoas preconceituosas, intolerantes e que promovem a discórdia também podem amar estes universos fantásticos, “seguir” os ensinamentos e filosofias incutidos em todas estas áreas e mesmo assim optarem por ter uma conduta extremamente nociva no meio que vivem.

No final ser nerd/geek/otaku não é garantia de te tornar uma pessoa “melhor” ou “especial”, só faz parte da tua bagagem de vida, o que te define são tuas ações e não tua retórica!

E pasmem, isto independe de gênero, geração a qual pertença ou qualquer outra coisa que te “defina”. O ser humano flerta com seu lado tosco o tempo todo, é mais cômodo e quentinho!

O processo é contínuo, todos podem errar, ser intolerantes e preconceituosos, o lance é o quão estamos dispostos a fazer um feedback de nós mesmos? Afinal apontar o dedo para os outros é mais fácil!

BATMAN 66: ENTRANDO NUMA FRIA

Quando a maligna Zelda retorna em grande estilo e deixa Batman e Robin completamente atolados, como poderá o Homem-Morcego se livrar a tempo de frustrar sua sedutora, porém cruel, adversária?

Quando o verão chega implacável a Gotham, um inimigo do Cruzado Encapuzado surge com uma solução aparentemente genial. Mas será mesmo que o Senhor Frio deseja o bem da população da cidade?

Quando o Asilo Arkham apresenta um show de talentos para ajudar a reabilitar seus pacientes, pode um ignóbil dueto entre o Coringa e a Mulher-Gato dar ao Príncipe Palhaço do Crime a chance de rir por último diante da Dupla Dinâmica?

Quando a adornada Marsha, a Rainha dos Diamantes, começar a cavar fundo planejando seu maior golpe até hoje, conseguirá ela topar com o maior tesouro de todos… a localização da Batcaverna?

Não ouse mudar de canal! As respostas para essas questões – e muito mais – estão todas nesse espetacular encadernado, inspirado pela clássica série de tevê do Homem-Morcego da década de 1960!

Histórias originais: 

  • Batman ’66 9-12

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Encadernado
  • 17 x 26 cm
  • 132 páginas
  • Papel Couché
  • Capa Dura
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Livrarias | Bancas | Comic shops
  • R$ 26,90

LENDAS DO UNIVERSO DC: DARKSEID

Um dos artistas mais cultuados dos quadrinhos norte-americanos de todos os tempos, o genial John Byrne, está de volta às bancas com uma das suas obras mais consagradas: a minissérie Lendas.

Desvende o plano macabro do Glorioso Godfrey — e de seu temido senhor — para desmoralizar os maiores heróis da Terra e entenda por que essa minissérie é considerada um dos pontos altos da Editora das Lendas durante os anos 1980.

Histórias originais:

  • Legends 1-6
  • Superman (1987) 3

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 180 páginas
  • Papel Offset
  • Capa Cartão
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • R$ 25,90

ACADEMIA GOTHAM: SEGUNDO SEMESTRE VOL. 1

Olive Silverlock tem sido quase uma prisioneira da Academia Gotham há vários meses.

Apesar de se sentir encurralada na prestigiada instituição de ensino, no entanto, a atormentada garota encontrou lá um grupo de amigos fiéis, que a ajudaram a esquecer seus muitos problemas — entre eles, o fato de ser filha de uma cruel supervilã, falecida há não muito tempo.

Mas será que essa amizade vai ser suficiente para livrar a menina do legado sombrio que a acompanha?

Histórias originais:

  • Gotham Academy: Second Semester 1-6

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 132 páginas
  • Papel LWC
  • Capa Cartão
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • R$ 24,90

AQUAMAN VOL. 1

Seu nome é Arthur Curry, o Aquaman. Rei da Atlântida. Membro da Liga da Justiça. Líder mundial. Super-herói. Uma ponte entre o mundo da superfície e o submerso.

E, para muitos humanos, um ditador de um estado belicoso. Mas Arthur e sua amada noiva, Mera, estão determinados a provar para a humanidade que o atlantes podem ser um força em busca da paz e da justiça.

Isso se o Arraia Negra deixar!

Histórias originais:

  • Aquaman 1-6
  • Aquaman: Rebirth 1

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 164 páginas
  • Papel LWC
  • Capa Cartão
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • R$ 22,90

ARQUEIRO VERDE VOL. 1

De dia ele é Oliver Queen, playboy, diretor das Indústrias Queen e filantropo. Mas, à noite, ele patrulha as ruas de Seattle, onde defende os oprimidos como um verdadeiro campeão da justiça.

Ele é o Arqueiro Verde! Mas como enfrentar o problema quando você faz parte dele? Esta é a pergunta que Ollie faz após um encontro eletrizante com a linda Canário Negro, super-heroína e estrela do rock, que desafia tudo que ele achava saber sobre proteger inocentes.

Histórias originais:

  • Green Arrow 1-5
  • Green Arrow: Rebirth 1

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 140 páginas
  • Papel LWC
  • Capa Cartão
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • R$ 19,90

BATMAN: ARKHAM KNIGHT VOL. 2

O supervilão Bane foge do Asilo Arkham e, desta vez, consegue reunir um verdadeiro exército de seguidores, prontos para tomar a cidade e sagrarem-no como governante de Gotham.

Para derrotá-lo, Batman precisará de seu próprio exército, o que o obrigará a ficar lado a lado com aliados e inimigos, lutando em prol de uma causa em comum.

Histórias originais:

  • Batman: Arkham Knight – Batgirl Begins
  • Batman: Arkham Knight 5-9

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 164 páginas
  • Papel LWC
  • Capa Cartão
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • R$ 22,90

TERRA 2: SOCIEDADE VOL. 1 

Lanterna Verde, Superman e um exército de maravilhas lideram o esforço para a união e a pacificação das cidades da Terra 2.

Mas parte da população não concorda com seres superpoderosos no governo!

A tensão gera uma cisão que acirra todos os problemas encontrados no planeta… e a previsão é uma só: guerra total!

Histórias originais:

  • Earth 2: Society 8-12

Detalhes da edição:

  • Junho/2017
  • Especial
  • 17 x 26 cm
  • 116 páginas
  • Papel LWC
  • Capa Couché
  • Lombada Quadrada
  • Distribuição e vendas
  • Periodicidade Eventual
  • Distribuição Nacional
  • Vendas: Bancas e comic shops
  • Preço: em definição

Fonte: Hotsite Panini

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

É Bacharel em Psicologia, porém optou por sua grande paixão trabalhando como ilustrador e quadrinhista. É sócio do Pencil Blue Studio e Ponto Zero, podendo assim viver e falar do que gosta: quadrinhos, cinema, séries de TV e literatura.

705 views
Scroll Up