Noite das Facas, Império Malazan vol. 1, por Ian C. Esslemont

Noite das Facas, Império Malazan vol.1 já chegou às livrarias pela editora Cavaleiro Negro… Confesso que nunca tinha ouvido falar de Malazan até 2013. Mas, logo que entrei em alguns grupos de livros no Facebook, ouvi falar e procurei mais informações, tanto no próprio grupo quanto na internet. O que descobri me deixou fascinado, e ansioso para ler. Mas a publicação dessa série parecia impossível no Brasil.

A hoje extinta Saída de Emergência chegou a adquirir os direitos da série principal, Malazan Book of the Fallen, quando estava em pleno funcionamento, mas logo que a editora deixou de existir, foi incorporada a Arqueiro e agora parece ainda mais difícil de ser publicada do que antes. Mas eis que a esperança foi renovada, quando surgiu a Cavaleiro Negro Editora, que comprou os direitos de outras séries no mesmo mundo e, com isso, agora sim estamos tendo a chance de conhecer essa obra magnífica.

Noite das Facas, Império Malazan
Ian C. Esslemont

Antes de qualquer coisa, cabe uma explicação sobre a autoria dessa obra. Alguns anos atrás, Steven Erikson e Ian C. Esslemont, amigos e estudantes, começaram uma campanha original, criada por eles, ambientada num mundo fictício chamado Malaz. Dessa campanha, surgiu a ideia de transformar tudo em livros, mas como escrever a história de um mundo? Erikson e Esslemont chegaram à conclusão de que ambos deveriam escrever sobre esse mundo.

Cada um contaria uma parte da história. Erikson ficou responsável pela série principal, Malazan Book of the Fallen, e outra trilogia, Kharkanas. Esslemont então escreveu a série Império Malazan, que se passa milhares de anos antes de Malazan Book of the Fallen, e agora começa a escrever uma outra série nesse mundo, O Caminho para a Ascendência.

A Cavaleiro Negro conseguiu os direitos de todos os livros de Esslemont, e também garantiu a Trilogia Kharkanas, e agora podemos conhecer Malazan e sou grato a eles por isso.

Vamos falar sobre Noite das Facas, primeiro volume de Império Malazan, de Ian C. Esslemont. Diferentemente das minhas outras resenhas, dessa vez falarei pouco da trama. Por ser um livro pequeno, em que a atenção está nos detalhes, não vou estragar a surpresa do leitor.

Noite das Facas: Um única noite

Vale ressaltar que o livro conta uma história passada em uma única noite. Logo no início, o autor nos brinda com um prólogo muito bacana. O capitão de um navio tenta passar por uma tempestade, enquanto, ao lado dele, criaturas das profundezas com aspecto de cavaleiros cavalgam as ondas do mar. Não entrarei em detalhes, pois é curto, mas esses cavaleiros serão importantes. Já no prólogo o autor nos mostra que Malaz tem um rico acervo de criaturas.

Noite das Facas, Império Malazan
Noite das Facas, Império Malazan vol. 1

Passando disso, conhecemos Temper, um soldado da cidade de Malaz que luta para esquecer um passado obscuro e se esconder entre o povo da cidade. Também somos apresentados a Kiska, uma ladina da cidade, que tenta, a todo custo, fugir da ilha. Kiska vê sua oportunidade surgir quando a guarda imperial aparece na cidade, começando a passar informações para poder se juntar a eles e conseguir sair de lá.

Quando a noite cai, Temper descobre que essa noite seria a noite da Lua Sombria, onde as portas do Reino das Sombras estarão abertas, e criaturas terríveis vão circular na terra. Usando essa noite, a imperatriz Laseen vai tentar, a todo custo, subir ao trono do império de Malaz, ainda comandado pelo imperador Kellanved. Mas, outras pessoas e seres tentarão fazer o mesmo, entre eles os Cavaleiros do Mar, os Bridgeburners, Cultistas do Reino das Sombras, e outros mais. Será uma noite muito intensa, e vamos acompanhar tudo pelos olhos hora de Temper, hora de Kiska.

Com diferentes pontos de vista, o contraste entre esses dois personagens vão nos dar uma visão diferente de cada momento, inclusive quando ambos mostrarem um mesmo evento.

Como não sei como é a escrita de Erikson, não vou poder dizer qual dos autores é o melhor. Mas Esslemont, por ser o seu primeiro livro, não faz feio. Ele consegue manter um clima de mistério, ao mesmo tempo em que nos assombra com os acontecimentos, e prende a pessoa no livro. O autor acaba pecando nas descrições exageradas. Em certos momentos, ele descreve muito algumas coisas, e acaba deixando lenta a leitura nessa parte, mas logo ele puxa o ritmo de novo e o interesse volta. Esse é livro é puro RPG, quem joga vai amar mais ainda.

Outro ponto que eu tenho que citar é o trabalho da editora. A edição é linda, isso não há dúvidas. Capa dura, fita de marcação de página, titulo brilhante, impressão de qualidade. Um livro lindo, que chega a concorrer diretamente com a qualidade de outra editora que também utiliza capa dura. Mas, o trabalho de tradução pecou muito. E muito se reclamou sobre isso.

noite das facas império malazan

Muitos termos que deveriam ser traduzidos não foram e erros são facilmente encontrados. Mas, uma coisa tem que ser dita em defesa deles: o selo Cavaleiro Negro é muito recente. Não sei sobre os outros selos da editora, mas nesse selo as coisas estão começando, então até é possível relevar, eu acredito. E as reclamações já surtiram efeito.

O lançamento do primeiro livro da outra série de Esslemont já foi alterado, pois a editora irá rever seu modo de tradução, em respeito aos fãs. Uma atitude louvável, que mostra que a editora está muito preocupada em entregar um produto de qualidade ao invés de lucrar. Aplausos para eles, que contam com meu respeito e admiração.

Leiam, podem ter certeza que vão gostar. Se vocês gostam de livros com muitas criaturas, intrigas políticas, plot twists excelentes, esse é seu livro. E não deixem de acompanhar a editora, pois grandes lançamentos vêm por aí. A Cavaleiro Negro chegou com tudo.

noite das facas império malazan

Sinopse: Noite das Facas, Império Malazan vol. 1

Na pequena ilha de Malaz a cidade e seu povo vivem há alguns anos em paz e tranquilidade. No entanto, no início da noite de hoje tudo está diferente na cidade: pessoas apressadas, algumas até violentas, cidadãos correndo para casa e trancando portas e janelas, pessoas evitando trocar olhares com qualquer estranho.

Profecias contam que hoje será a noite da Lua das Sombras e cães demoníacos, exército de mortos-vivos, Cultistas (adoradores do Reino das Sombras) aparecerão para reivindicar o trono. O que as profecias não contam é que a Lua das Sombras convocará uma presença muito mais antiga e poderosa para um ataque total contra a ilha e contra o império.

Kiska, uma jovem com a esperança de entrar para o serviço imperial , e Temper um veterano de batalhas com um passado que prefere esquecer, serão as testemunhas principais dos eventos dessa noite inquietante, desempenhando papéis fundamentais nos conflitos que não apenas irão determinar o destino da Cidade de Malaz, mas também do mundo todo.

Em 1982, com a parceria de Ian C. Esslemont e Steven Erikson, nasceu o mundo de Malaz. Naquela época, eles foram co-autores de roteiros de longa-metragem, e em suas horas vagas descobriram que suas criatividades individuais eram complementares. Assim, o mundo de Malaz foi lentamente tomando forma.

“Noite das Facas” é o primeiro romance da série Império Malazan do autor canadense Ian Esslemont. Os eventos do livro “Noite das Facas” antecedem o livro Gardens of the Moon, o primeiro romance da serie Malazan of the Fallen, de Steven Erikison.
Para os leitores de Guerra dos Tronos, Senhor dos Aneis, O Hobbit, chega ao Brasil o livro “Noite das Facas”, imperdível e fascinante.

Links de Onde Comprar “Noite das Facas, Império Malazan vol. 1”:

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

Um leitor assíduo da fantasia e do terror, vem descobrindo aos poucos as maravilhas da Ficção Científica e dos Romances Históricos. Crítico e perfeccionista, procura falhas até nos livros mais perfeitos. Nas horas vagas escuta Heavy Metal e lê ainda mais.

267 views
  • PC Master Race

    Eu pensava que a série do Esslemont se passava ao mesmo tempo que Book of The Fallen

    • Alexander Weber

      Olá amigo. Peço mil desculpas pela demora. A história desse livro se passa muito antes. É quase uma introdução. O autor falou mais sobre isso numa entrevista que está programada.

      • Luis Gustavo

        Então, o correto seria ler essa série antes da “saga principal”?

        • Alexander Weber

          Olá amigo. Na verdade ambas as séries podem ser lidas antes ou depois, e uma complementa a outra. Recomendo até que leia Jardim da lua, que será lançado mês que vem pela Arqueiro, antes desse, mas a ordem não irá interferir em nada. Agradeço seu comentário

Scroll Up