O Livro é: “Sob a Redoma” de Stephen King

Comecei recentemente a ler Stephen King, e cheguei a acompanhar a série de TV “Under the Dome” por um curtíssimo tempo. Por odiar a série não quis chegar perto do livro. Mas comecei a ver resenhas que diziam que nada da série batia com o livro, e decidi verificar por mim mesmo. O que constatei no final é que todas as resenhas diziam exatamente a verdade: não há nada deste livro na série, a não ser a Redoma e alguns personagens que tomam rumos completamente diferentes do que os do livro.

E posso dizer que Sob A Redoma se tornou um dos meus livros favoritos para a vida toda. King nos mostra o que o ser humano é capaz de fazer quando atinge o limite entre viver e morrer. Você não espera um livro de guerra do King, mas há uma guerra neste livro. Uma guerra por sobrevivência, uma guerra entre fracos e fortes, populares e ninguéns, poderosos e fracos. Há uma guerra na cidade inteira.

Os olhos estavam arregalados, mas não havia pânico neles, só perplexidade. Não houve tempo para pânico.

Era mais um dia normal em Chester Mill, com os habitantes da cidade vivendo suas vidas, até que de repente uma redoma transparente surge do nada em volta da cidade, isolando-a de todo o resto do mundo. Vários acidentes começam a acontecerem, aviões se chocam com a Redoma, carros se chocam com a Redoma, pessoas e animais se chocam com a Redoma, enfim, tudo que estava indo para fora ou para dentro da cidade se choca com a redoma. Absolutamente ninguém entende nada que aconteceu ali. A única coisa que sabem é que uma redoma transparente gigante cobriu a cidade.

sob a redoma stephen king
Capa da edição nacional pela Suma de Letras

Neste cenário, conhecemos vários personagens, mas vários mesmo. Mas os principais são Dale Barbara, ou Barbie, um ex militar que agora faz lanches no restaurante local, e Julia, a jornalista do jornal local. Além deles, temos James “Big Jim” Rennie. Big Jim é o chefão da cidade, mas que não chega a ser o prefeito. Apenas comanda tudo dos bastidores.

Big Jim vê na redoma um jeito de tomar o poder sobre todos, inclusive dar um fim naqueles que ele odeia, e em quem se opõe ao controle total que ele pretende ter utilizando a redoma, que é o caso de Julia e Barbie, e usando sua autoridade vai começar o caos dentro da cidade, com assassinatos, manipulações, torturas, e tudo que for necessário para conseguir se tornar o dono de tudo. Contará com a ajuda de seu filho, que sofre de graves problemas cerebrais e, por isso, fica irracional com o passar do livro.

O governo envia os militares para tentar entender o que está acontecendo e ajudar os habitantes da cidade, e Barbie se juntará a eles, assumindo o posto de coronel na cidade, e será essa a única ligação de Chester Mill com o mundo de fora, já que a Redoma ainda deixa passar sinal de celular. Big Jim não vai gostar disso, pois significa uma perda de autoridade que ele não deseja, e por causa disso vai aumentar cada vez mais o pânico na cidade, resultando em mais mortes e sofrimento. Mas a principal luta será contra o tempo, pois a Redoma não permite a passagem de ar, causa interferência em objetos magnéticos (uma cena notável é quando uma pessoa com marca-passo chega perto da redoma) e há também a escassez de alimento.

Os habitantes tentarão a todo custo sobreviver neste ambiente de caos e destruição, seja roubando, seja torturando, seja estuprando, seja matando. Quem foi bonzinho poderá se tornar uma pessoa horrível de uma página para a outra, e Big Jim usará de qualquer artifício para aumentar ainda mais a maldade de cada um para alcançar seus objetivos.

Assassinato é como batata frita: você não pode parar somente com um.

King expõe a maldade humana de uma maneira crua, terrível e chocante, habilidade que muito poucos autores têm, e que King domina com maestria. O livro é longo, mais de 900 páginas, e por vezes a história dá uma arrastada, mas logo tudo engrena de novo e a ação e o suspense predominam. King criou uma extensa lista de personagens, que fica até um pouco difícil de lembrar-se de todos, mas todos terão uma participação importante na trama.

Nada é por acaso, e todas as crueldades praticadas pelos habitantes resultarão em algo mais para frente. Não espere terror neste livro, mas sim muito suspense e o horror causado quando você vê as atrocidades cometidas pelos habitantes da cidade.

sob a redoma stephen king

A única decepção, que eu infelizmente sinto a necessidade de citar, fica por conta do final muito mal resolvido. Óbvio que não direi nada, mas fica certo desejo de saber mais que infelizmente não existe. Mas a trama toda é tão bem feita, tão ricamente detalhada e tão bem escrita que simplesmente a leitura se torna válida e, eu diria obrigatória. Se você assistiu a série, não pense mais nela e leia esse livro. Não se arrependerá.

Quando as pessoas estão sozinhas elas fazem coisas que irão se arrepender depois.

Particularmente adoro a qualidade que a Suma de Letras tem. Os materiais do livro são de ótima qualidade, a capa é sensacional, com um material brilhoso por cima da Redoma e fosco onde a redoma não está, dando um efeito bem bacana, e são raros os erros de português, indicando que o livro foi muito bem revisado e traduzido. Vale cada centavo, tanto pela história quanto pela qualidade.

[divider]Sob A Redoma, Stephen King[/divider]

Sinopse: Em um dia normal de outono, na cidade de Chester Mill, Maine, a cidade é inexplicável e repentinamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões colidem e caem do céu em chamas, a mão de um jardineiro é cortada na “cúpula”, as pessoas são separadas de suas famílias e os carros explodem com o impacto. Ninguém pode imaginar o que essa barreira é, de onde veio, e quando — ou se — ela irá embora. Dale Barbara, veterano no Iraque e agora um cozinheiro de pequenas-ordens, encontra-se unido com alguns cidadãos intrépidos — a dona de um jornal local Julia Shumway, assistente de um médico no hospital, uma seleta mulher e três filhos corajosos. Contra eles está Big Jim Rennie, um político que não vai parar por nada — nem assassinatos — de segurar as rédeas do poder, e seu filho, que está mantendo um segredo horrível em uma despensa escura. Mas o seu principal adversário é a própria cúpula. Porque o tempo não é apenas curto. Ele está se esgotando.

  • Tradução: Maria Beatriz de Medina
  • Ficção e Suspense
  • ISBN: 9788581051130
  • Lançamento: 01/10/2012
  • Formato: 16 x 23
  • Peso: 1266 gramas
  • 960 páginas
  • Preço: R$ 79,90
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

Um leitor assíduo da fantasia e do terror, vem descobrindo aos poucos as maravilhas da Ficção Científica e dos Romances Históricos. Crítico e perfeccionista, procura falhas até nos livros mais perfeitos. Nas horas vagas escuta Heavy Metal e lê ainda mais.

223 views
Scroll Up