Article

WILSON | Graphic Novel do cartunista Daniel Clowes vai ao cinema

Que a indústria cinematográfica já se rendeu ao gênero dos super-heróis e seus trajes coloridos não é mais novidade para ninguém… É um anúncio atrás do outro sobre o segmento de heróis em vias de ganhar uma produção ou com uma andamento e “vazando” material quase que diariamente…

[dropcap size=small]E[/dropcap]ntão que motivos um fã de HQs, e aqui me refiro ao meio e à estética das mesmas e não só ao subgênero de super-heróis, teria para comemorar ao saber que Wilson, graphic novel do artistas Daniel Clowes, em breve também saí do papel e ganha sua adaptação cinematográfica?

WILSON_LAYOUT_jk.indd

O que me vem como resposta imediata é o fato de que Wilson é uma HQ fora do gênero super-herói, isso por si só já merece fogos e champanhe. Um segundo ponto diz respeito ao fato de que ao direcionar um olhar para HQs cujo tema não sejam os super-heróis convencionas, pode, não sei se vai, abrir portas para que outros materiais igualmente pouco conhecidos do grande público (alternativos? independentes?) possam também ganhar um lugar ao Sol das bilheterias… com certeza longe da casa dos bilhões, mas ainda assim ganhar espaço e renovação de público…

Wilson é uma tragicomédia (eu acho que é só comédia mesmo, mas ok) onde o personagem que dá título à obra está em constante embate com todo e qualquer ser humano que não ele mesmo. Sarcástico, mordaz, antipático, implicante e nada sutil, Wilson não se furta ao direito de mostrar a qualquer um o quão é enorme seu desprezo por essa pessoa, por mais desconhecida que essa pessoa seja… Mas calma, apesar de tudo indicar que você tem todas as chances de odiar Wilson, o mais provável é que você se identifique com ele que é apenas aquele cara que fala o que você gostaria de falar, porém não tem colhões suficientes para isso…

Segundo o site americano Comic Book Resources, Woody Harrelson e Laura Dern estão em negociações para co-estrelar a adaptação. Craig Johnson (The Skeleton Twins) está cotado para dirigir o filme cuja produção está agendada para iniciar no mês de junho.

Woody-Harrelson-CelebHealthy_com

Lançado em 2010, a graphic novel “Wilson” conta a história de um homem de meia-idade (Harrelson), que tenta se reconciliar com sua ex-esposa (Dern), após a morte de seu pai. “Wilson” é cotado para ser o terceiro filme baseado em uma obra de Clowes, sendo o primeiro “Ghost World” (2001), e em 2006 de “Art School Confidential”. Assim como esses dois filmes anteriores, Clowes escreveu o roteiro de “Wilson”.

Depois de seu ótimo papel na primeira temporada da aclamada série True Detective, Harrelson é a encarnação perfeita para viver o estressadíssimo e atipático Wilson. Além disso tudo o nome de Sam Raimi está entre os produtores do filme ao lado de Alexander Payne, Jim Taylor e Jim Burke.

Daqui da redação do Ponto Zero a torcida para o sucesso de Wilson já é grande… com absoluta certeza ele mesmo odiaria saber disso.

[divider]WILSON, A HQ[/divider]

wilson-cbc4c[dropcap size=small]W[/dropcap]ilson ama seu cão. Sorte do animal, pois parece ser a única criatura viva a merecer tal distinção de seu dono. Para este senhor de meia-idade, os outros não passam de um inconveniente necessário.Como qualquer pessoa, porém, Wilson busca algum tipo de ligação com sua espécie. Sem jeito para a vida social, aborda estranhos em cafés, ônibus e na rua, com longas preleções sobre o que vê de errado na política, nos esportes e, basicamente, em qualquer tema da alma humana.

A morte de seu pai, no entanto, intensificará essa busca. Numa comovente e divertida tragicomédia de erros, Wilson irá atrás de sua ex-mulher, que, segundo os últimos rumores, teria se entregado às drogas e à prostituição. Ao lado dela, irá buscar a filha perdida, entregue à adoção anos atrás. A partir desse núcleo familiar incomum, Daniel Clowes, um dos mais importantes quadrinistas em atividade, esmiúça a vida social americana e traça um retrato complexo e fascinante do egoísta moderno.

Genuinamente engraçado e de uma inteligência ferina, Wilson é também alheio ao mundo que o cerca e às regras que regem o bom convívio entre as pessoas. Diz o que pensa, quando pensa e a quem estiver no seu caminho. Contada em vinhetas de uma página, cujo estilo se alterna entre o realista e o cartunesco, Wilson é a primeira história de Daniel Clowes publicada primeiramente em livro (seus trabalhos anteriores foram lançados como séries na revista Eightball).

A cada uma dessas vinhetas, conhecemos uma nova faceta de Wilson, um novo caminho que sua mente perturbada pode tomar. O conjunto, no entanto, revela um personagem denso e rico, tão cômico quanto triste, tão complexo quanto óbvio. Um herói dos nossos tempos.

Clique no link ao lado para fazer o download do trecho em PDF da obra disponibilizado pela Cia. das Letras: TRECHO EM PDF

  • Tradução: Érico Assis
  • Páginas: 80
  • Formato: 20 x 27 cm
  • Acabamento: Brochura
  • Lançamento: 13/02/2012
  • Selo: Quadrinhos na Cia

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

É Designer de produtos e gráfico, desenhista nas horas vagas e aos trancos e barrancos um estudioso de Semiótica. Nutre estranhas fixações por processos narrativos experimentais e acredita que o mundo caminha para ser cada vez mais parecido com um Game

174 views
Scroll Up