Article

The rock pode viver o super-herói Shazan no cinema

[dropcap size=big]Q[/dropcap]ue a DC/Warner esta levando uma surra nos cinemas da Marvel/Disney não é novidade para ninguém, contudo parece que a mesma resolveu cuidar de diminuir esta vantagem em relação a concorrente, de acordo com uma lista vazada que explicita os filmes vindouros da Disntinta Concorrente, temos dentre eles Shazam (216), até ai ok, afinal de contas, boatos inundam a rede mundial todos os dias, contudo esta semana em uma entrevista ao site Total Film Dwayne “The Rock” Johnson apimentou as especulações e disse:

“Estou negociando para interpretar um personagem que divulgarei em breve… Ele terá os poderes de Super-Homem e não é o Lanterna Verde. E acredite, John Stewart era um personagem que eu queria interpretar, mas já havia uma versão do Lanterna Verde e agora vamos seguir em uma direção diferente. Mas esse personagem tem o poder do Super-Homem, ele pode lutar, é só dizer a palavra”.

Imagem 001

Shazam ou Capitão Marvel, foi criado em 1939 por Charles Clarence Beck e Bill Parker, um ano depois do surgimento do Super-Homem e era quase uma cópia do maior personagem da DC Comics, o herói estreou um ano depois, em 1940, na editora Fawcett. Seu alter ego é Billy Batson, um jovem que trabalha como jornaleiro e foi escolhido, para receber os poderes do Mago Shazam, a fim de atuar como o guardião da justiça e a paz no Universo.

Imagem 002

Agora quando Billy Batson proferir a palavra magica “Shazam” ele se torna o Capitão Marvel, o Mortal Mais Poderoso da Terra, dotado da sabedoria de Salomão, da força de Hércules, da resistência de Atlas, do poder de Zeus, da coragem de Aquiles e da velocidade de Mercúrio.

O personagem passou um por longo período envolto em uma batalha judicial (12 anos) entre DC Comics e Fawcett e entrou numa fase obscura entre 1950 e 1960 no mercado norte americano quando devido as baixas vendas a Fawcett resolveu abandonar o ramo dos quadrinhos.

A DC finalmente conseguiu os direitos do personagem em 1973 e pretendia publica-lo novamente, contudo teve que fazer um reajuste em seu nome devido a Marvel ser detentora da marca Capitão Marvel (lançado em 1967), o personagem da DC Comics não pode ter mais seu nome estampado em suas publicações, que passaram a vir apenas com Shazam! em suas capas.

Nos anos 40, o Capitão Marvel/Shazam ganhou uma série exibida nos cinemas antes do filme principal. Nos anos 70 ele teve um seriado live-action bem conhecido na TV, teve uma animação nos anos 80, depois fez participações em varias outras animações da Distinta Concorrente.

O Capitão Marvel/Shazam teve também suas copias, e uma que viria a ficar famosa anos mais tarde pelas mãos do mago inglês Alan Moore foi Miracleman/Marvelman, o personagem era versão inglesa do Capitão Marvel (Jack Marvel como ficou conhecido no Brasil), que nos anos 80 foi revitalizado de forma magistral por Moore. Depois disso a série ficou envolta em uma batalha judicial pelos seus direitos que se arrastaria por vários anos, mas a esta altura a mesma já era cultuada por fãs e críticos de quadrinhos, a batalha pelo personagem acabou em 2009, indo ironicamente parar nas mãos da Marvel Comics.

[divider]Vídeo[/divider]

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

É Bacharel em Psicologia, porém optou por sua grande paixão trabalhando como ilustrador e quadrinhista. É sócio do Pencil Blue Studio e Ponto Zero, podendo assim viver e falar do que gosta: quadrinhos, cinema, séries de TV e literatura.

183 views
Scroll Up