Article

Espetáculo infanto-juvenil circula pelo interior e cidades do nordeste

Espetáculo “La Fábula” inicia temporada de apresentações que vai até setembro e inclui workshops e rodas de conversa

La Fábula divulgação (3)

Três populares personagens da literatura universal e uma rainha que tem fome de histórias preparam as malas para pegar a estrada e levar muita diversão ao público do interior do Pará e de cidades do Maranhão e do Piauí.

É que o espetáculo “La Fábula”, da Companhia de Teatro Madalenas, inicia este mês a circulação que inclui ainda workshops e rodas de conversa com o público. Estreando no final de 2011, para marcar as celebrações dos dez anos da Madalenas, o espetáculo propôs um mergulho no universo mágico presente em contos da literatura universal, que, encenados usando como base os fundamentos do teatro de rua, se vale do mundo do ‘faz de conta’ para envolver o espectador na trama que foi apresentada em espaços públicos de Belém do Pará.

“La Fábula” também fez temporadas de sucesso e fevereiro e setembro de 2012 no palco do Centro Cultural SESC Boulevard, além de apresentações na Feira Pan-Amazônica do Livre, Festival Cultura de Verão, Circuito Sesc Amazônia das Artes e em Porto Velho (RO) e São Luis (MA). O enredo de “La Fábula” se desenvolve em torno da rainha Altiva e seus três súditos. Para viver, ela precisa ouvir histórias, então o trabalho deles é servi-la exercendo a função de contadores, que a ‘alimentam’ com narrativas sobre personagens maravilhosos como o Dom Quixote, o Homem de Lata e o Velho do Saco.

Apesar destes personagens estarem fora de suas estórias originais, a essência deles continua a mesma, como explicou Ester Sá, contadora de histórias e diretora do espetáculo: “A gente pegou a essência desses personagens e trouxe para o universo da fábula, do imaginário. Os deslocamos de suas estórias, mas criamos outra em que eles se encontram”.

A direção e dramaturgia é de Ester Sá, coordenação geral de Leonel Ferreira, direção musical de Armando Mendonça, produção executiva de Flavio Furtado e Tainah Fagundes, concepção de figurino de Aníbal Pacha e confecção de Mariléia Aguiar. O elenco conta com Dina Mamede (Rainha Altiva), Gilberto Ganesh (Homem de Lata), Leonel Ferreira (Homem do Saco) e Rodrigo Braga/Cleber Cajun (Dom Quixote).

Apresentações e arte educação
Agora, através do Prêmio Myrian Muniz de Teatro 2012, categoria Circulação, serão realizadas 13 apresentações do “La Fábula” a partir do próximo dia 14, em praças públicas de 12 cidades do Pará, Maranhão e Piauí. São Caetano de Odivelas, Vigia, Santo Antonio do Tauá, Igarapé-Açu e Teresina são apenas algumas das que estão na rota.

A ideia, como conta o ator e coordenador do projeto, Leonel Ferreira, é promover o acesso ao teatro, além de promover reflexões sobre o papel das pessoas na sociedade e discussões sobre o encontro do homem consigo mesmo, mote da Madalenas. “Após dois anos de circulação do espetáculo, queremos sair um pouco do centro e levá-lo para as áreas mais periféricas, para um público que não tem a oportunidade de ver peças teatrais com frequência e também cumprir uma função social através das 10 oficinas de arte e educação que iremos ministrar”, apontou.

La Fábula divulgação

A estreia da turnê de circulação será na quarta, dia 14, no município de São Francisco do Pará, com o Grupo Circo Teatro Imaginário. O encerramento será dia 17 de setembro, em São Luís. Outro diferencial desse trabalho da Companhia Madalenas é que em cada cidade, uma companhia teatral é convidada a participar. “Queremos promover uma troca com os grupos locais, por isso os integramos a programação, além de os ter convidado para participar dos workshops e rodas de conversa sobre o fazer teatral”, acrescentou Leonel.

Segundo ele, no workshop serão utilizadas técnicas para a aplicação do teatro com ferramenta pedagógica, enfatizando no processo de vivência os jogos de improvisação, as dinâmicas de integração, leituras e ressignificação de imagens, a construção de cenas curtas a partir de leituras de imagens e o teatro Fórum e Teatro Jornal.

Serão 20 vagas ofertadas e a idade mínima para participação é de 16 anos, voltada para artistas iniciantes, educadores, lideranças comunitárias, estudantes de teatro e demais interessados.

Ficha Técnica La Fábula

  • Direção e Dramaturgia: Ester Sá
  • Elenco: Dina Mamede, Gil Ganesh, Leonel Ferreira, Rodrigo Braga e Cleber Cajun
  • Direção Musical: Armando Mendonça
  • Concepção Figurinos e Adereços: Aníbal Pacha
  • Confecção: Mariléa Aguiar
  • Produção Executiva: Flavio Furtado e Tainah Fagundes
  • Coordenação Geral: Leonel Ferreira
  • Assessoria de Imprensa: Lorenna Montenegro

Texto enviado por Lorenn Montenegro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on Pinterest

Ponto Zero é um site de entretenimento cultural com foco em produção textual e análises de várias mídias como os quadrinhos, cinema, games, música, teatro e literatura.

88 views
Scroll Up